Alimentação e crianças em viagens fora do Brasil

Quando saímos de férias com a família o que mais queremos é descanso, não é mesmo? Mas quando se tem crianças pequenas este descanso não é bem de forma integral, afinal se não estivermos em um hotel fazenda all inclusive onde não temos nenhuma preocupação com alimentação, vamos sim ter de nos preocupar com que os filhotes vão comer. Mas estamos de férias, preocupação é o que não queremos, e quando a viagem é curta nos damos o luxo de “enfiar o pé na jaca” e deixar as crianças comerem o que preferiram, sem neura, certo? Sim, afinal toda mãe merece um descanso, mas quando a viagem de férias ultrapassa uma semana o quesito alimentação precisa ser visto com cautela, afinal vale lembrar que a alimentação é responsável por nossa saúde, energia e disposição e ninguém quer perrengue e nem piriri nas férias. Vou te contar um pouco de minha experiência de mãe e nutricionista em férias com os filhotes.

Quando viajamos para a Europa (Paris e Roma) por 17 dias optamos por ficar em aptos locados pelo Airbnb, que além de mais barato (veja a comparação aqui) facilita muito o preparo de refeições. 

Ao chegar no apto identifiquei rapidamente os equipamentos e utensílios e as possibilidades de cozinhar, fomos ao mercado, que em Paris e Roma são pequenos (comparados aos Walmart) mas encontramos de tudo e o custo é muito parecido com o nosso (tomando por base a cidade de São Paulo), compramos leite, açúcar, pão, manteiga e cápsulas de café (pois tinha cafeteira nos aptos), frutas – vários tipos, saladas higienizadas e prontas para consumo, ovos, azeite, macarrão, molho de tomate, arroz, biscoitos simples, iogurtes diversos, salsicha/linguiça, queijo, 2 cebolas e 1 cabeça de alho, tomates, milho e ervilha em lata carnes empanadas (que fizemos no forno – aliás usamos muito o forno) e quando achávamos, um tipo de hambúrguer feito somente de carne que temperamos com sal e pimenta e assamos no forninho. Pronto, problemas resolvido!

Pela manhã tomávamos café muito parecido com o que fazemos em nossa casa (frutas, pão, leite, manteiga/requeijão) e fazíamos uma mochila com algumas frutas e biscoitos para nossos passeios ( nada demasiado para não carregarmos peso, mas o suficiente para matar aquela fominha ), dependendo do passeio comíamos em algum restaurante ou fast food ou comíamos nosso lanchinho e à noite (após andar cerca de 15 quilômetros nos passeios) eu sempre cozinhava uma comidinha bem simples e nutritiva, exemplo? Arroz, ovo/omelete e salada ! Uma montão de nutrientes que eu preparava em 30 minutos.

Para facilitar minha vida, no primeiro dia, assim que chegamos do mercado eu já cortei uma ou duas cebolas em pedaços pequenos e uns 6 dentes de alho, coloquei em um pote com azeite, pronto, eu já tinha tempero para o arroz por toda a viagem. Quando chegávamos dos passeios, geralmente esgotados, enquanto as crianças tomavam banho eu colocava o arroz  pra cozinhar (porque já tinha cebola e alho cortado, lembra) e arrumava a salada já higienizada, acrescentava uns tomatinhos e cozinhava ovos ou fazia um omelete,  Prontíssimo ! As crianças sempre comiam super bem e com segurança, tenho certeza que esses 30 minutos me renderam muito em saúde e disposição.

Em Paris comprei o arroz basmati, muito parecido com o nosso agulhinha e fica soltinho, já em Roma não achei o basmati e tive de comprar o arbóreo, que foi um perrengue para cozinhar, pois empapa, é um tipo de arroz para fazer risoto. Em relação aos demais itens é bem tranquilo, fora a alegria de pagar 1 euro no pacote de macarrão Barilla (meu preferido) , 3 euros no molho de tomate da mesma marca e 5 euros em bons vinhos , chegava a ser revoltante pensar que pagamos tão caro aqui…kkkk Ah sim, não posso esquecer de mencionar o chocolate Lindt, o qual também pagávamos um pouco mais de 1 euro ;/

20180705_131023
Veja a alegria da criança em comer arros com ovo/omelete e salada…kkkkk

Em nossa viagem pela Califórnia de motorhome (clique aqui para ver mais) seguimos o mesmo plano alimentar que utilizei na Europa, com a vantagem de levar a cozinha para onde eu ia e a de fazer compras nos grandes hipermercados como Walmart e a rede Trader Joe´s, onde encontramos de tudo. Alías, preciso dizer que ir ao Walmart era uma diversão à parte, além das crianças enlouquecerem nos brinquedos muito mais baratos (como Lego, boneca LOL, etc) nos divertíamos com o tamanho das embalagens. 

20180628_130234
Mãe, achei um pacotinho de salgadinho, é quase do meu tamanho!! 😮
20180628_131304
Vai uma latinha de leite ou um pacotinho de fubá?
20180704_114634.jpg
O Matheus encontrou um pacotinho de cereais matinais, mas ele não conseguiu carregar….

Percebemos o quanto somos culturalmente diferentes, o  mercado diz muito sobre o comportamento alimentar da população. Enquanto os mercados de Paris e Roma eram pequenos e as embalagens continham poucas porções, na Califórnia o mais difícil foi achar embalagens pequenas, um verdadeiro sufoco, pois a capacidade de armazenar no motorhome é limitada, imagina eu guardando este pacotinho de cereais no armário…kkkkk, e os galões de 3,5 li de leite!! Não demos conta de comer 1 único pacote de batatas Ruffles destes grandes durante toda a viagem :O.

Mas preciso te contar de uma maravilha da Califórnia, diferentes de outros estados e regiões dos EUA a Califórnia tem excelentes produtores de alimentos, inclusive de produtos orgânicos e também abriga indústrias de alimentos que produzem diversos produtos diferenciados, é um dos estados que mais estudam sobre nutrição, alimentação saudável, alimentos com restrições, etc. Tive uma experiência excelente na rede de supermercados Trader Joe´s, lá encontrei uma infinidade de produtos para dietas de restrição, sem lactose, sem glúten, light e diet, ricos em proteínas e aminoácidos, enfim, um deleite para os amantes de uma boa alimentação. Encontrei até salgadinhos isentos de corantes e aromatizantes artificias, mas o que mais gostei foi a salsicha sem corantes e conservantes (nitratos e nitritos), mão na roda na hora de fazer lanchinho para os filhotes. 

IMG_20180714_101448408
Salsichas sem adição de conservantes nitratos e nitritos, bem interessante !
20180715_204855
Vinho orgânico comprado no Trader Joe´s e morangos orgânicos de Oxnard, comprado em um caminhão na praia de Malibu…deliciosos!!
20180702_085827-e1552684540496.jpg
Até comemoramos os 5 aninhos do Matheus.

E você? Tem alguma dica sobre a alimentação dos filhos fora do país? Conte pra gente, deixe seu comentário. Até a próxima.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s